Descrença com a política e desconhecimento das regras eleitorais podem ser tiro no pé.

Sempre é bom lembrar que quando votamos em alguém para deputado federal, estadual e vereador estamos antes de tudo votando no seu partido ou coligação. É da soma dos votos recebidos pela totalidade dos candidatos de uma legenda que é determinado o número de vagas que serão preenchidas com seus membros mais votados.

Com a pulverização de candidaturas nos partidos, é bem provável que boa parte dos votos depositados em “não políticos” acabará levando justamente à reeleição da atual casta política, pois é ela que detém dinheiro e conexões eleitorais nos estados.

Por esse motivo, antes de embarcar no #nãoreelejaninguém e votar naquele candidato bem-intencionado que nunca foi político, é bom verificar qual é o seu partido e quais são os seus colegas de chapa. Você pode estar votando numa lebre e elegendo uma velha raposa.

Leia o texto completo em:

https://oespiritodasleis.blogfolha.uol.com.br/2018/09/10/nao-reeleja-ninguem/